07 outubro 2012

Tagine de Peixe com Limão e Cardamomo
















Hoje foi ele que fez o almoço, e improvisou esta receita de Tagine, que por acaso ficou espectacular!

Ingredientes

Para o Tagine:
  • 8 filetes de peixe, pequenos, de preferência de carne firme (eu só tinha pescada, mas também funciona se houver cuidado a manipular o peixe)
  • 2 c.s. de azeite
  • 2 dentes de alhos, esmagados e picados
  • 1 cebola picada
  • 1 c.c. de caril (indiano)
  • 10 vagens de cardamomo (têm que ser partidas no almofariz para libertar as sementes)
  • 3 cravinhos
  • 2 c.s. molho de tomate para pizza ou de pasta de tomate
  • 1/2 copo de vinho branco
  • 1 limão cortado em rodelas
  • Raspa de metade do limão
  • 2 ramos de manjericão
  • 12 folhas de hortelã
  • Sal marinho q.b.

Para o Cuscuz:
  • 1 embalagem de cuscuz
  • 12 azeitonas verdes picadas
  • 8 tomates cereja picados e escorridos
  • 2 malaguetas, picadas muito finas e sem sementes


Preparação:

Aqueça o azeite no tagine, e acrescente o alho picado e a cebola, deixe alourar.
Acrescente o molho de tomate, o vinho, o caril, as sementes de cardamomo e o cravinho; tempere de sal, e deixe apurar em lume brando durante 5 min.
Disponha os filetes por cima do molho, cubra com as rodelas de limão, tape o tagine (não esquecer de por água na pega) e cozinhe em lume brando por mais 10 min.

Entretanto prepare o cuscuz de acordo com as instrucções da embalagem, deve demorar cerca de 10 a 12 min.

Destape o tagine, e polvilhe com a raspa de limão, o manjericão e o tomilho. Dexie apurar por mais 5 min ou até o peixe estar cozinhado.

Numa taça bem quente, misture o cuscuz com as azeitonas picadas, o tomate escorrido, e a malagueta picada.

Manter sempre o cuscuz e o tagine bem tapados, para preservar a humidade.

Bom apetite!

Nota: se não tiver um tagine, pode usar um tacho de barro, mas não é a mesma coisa. Recomendo vivamente a aquisição de um Tagine, pois cozinha-se muito rápido e a cozinha marroquina é uma agradável surpresa!




Tagine genuinamente marroquino, trazido de Casablanca por N.
Aqui fica o agradecimento!